Atenção, cervejeiro: Sentido! Está entrando na sua tela de computador um dos mais altos oficiais da culinária brasileira, o brigadeiro.

Tão popular quanto o arroz e feijão, reza a lenda que este quitute sinônimo de festa de aniversário nasceu pelos idos de 1940, em homenagem ao verdadeiro oficial da Força Aérea Brasileira, o brigadeiro Eduardo Gomes.

Para quem desconhece a hierarquia militar, “brigadeiro” é um título elevado na carreira das Forças Armadas, apenas três abaixo da maior patente dos oficiais generais, o marechal-do-ar.

Mas voltando à lenda, acredita-se que foi graças à candidatura do então brigadeiro Eduardo Gomes à presidência, nos anos de 1946 e 1950, que o docinho de chocolate ganhou a fama que possui hoje. Embora não tenha vencido nenhuma das eleições, sua tática de oferecer quitutes a base de leite, ovos, manteiga, açúcar e chocolate ficou para a posteridade. A receita abaixo é uma prova disso.

Brigadeiro de Cerveja

Ingredientes:

  • 3/4 xícara(s) de chá de chocolate em pó
  • 2 lata(s) de leite condensado
  • 1 colher(es) de sopa de manteiga
  • 1 lata(s) de cerveja do tipo pilsen puro malte
  • 1/4 xícara(s) de chá de chocolate ao leite belga granulado

Modo de Preparo:

Dissolva o chocolate em pó no leite condensado. A seguir, adicione a manteiga e a cerveja, e leve ao fogo. Mexa sem parar por 20 a 30 minutos ou até que comece a desgrudar do fundo da panela. Deixe esfriar, enrole e passe no chocolate granulado. Sirva a seguir.

Fonte da receita: Comidas & Bebidas UOL