É ave mais não voa? Que nada! Apesar dos mitos que os cercam, os frangos são animais domesticáveis que conseguem sim voar. E quando se trata de sua produção e consumo, então estamos falando de um voo de longo alcance.

É oficial: segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o Brasil ultrapassou a China e se consolidou o segundo maior produtor de carne de frango no mundo, com 13,143 milhões de toneladas produzidas em 2015. À frente, apenas os Estados Unidos com cerca de 18 milhões de toneladas anuais.

E o que isso representa? Em média, o brasileiro-padrão comeu, só no ano passado, cerca de 42 quilos de frango – quase dois terços de toda a produção nacional. Neste um terço exportado, 13% vai diretamente para países majoritariamente islâmicos, onde o consumo de carne de porco (a carne mais consumida atualmente no mundo) não é permitido.

Outro dado importante que consolida a liderança das aves é o aumento no preço da carne bovina. Segundo o Portal G1, observou-se um aumento de até 30% nos cortes deste tipo de carne no período 2015-2016, contribuindo com a preferência do brasileiro pelo frango sobre o boi.

Seja por conta do aumento do preço da carne bovina ou o desejo de um bom e suculento franguinho caipira, uma coisa é certa: não pode faltar uma cerveja gelada para acompanhar a mistura. Abaixo, selecionamos uma receita de dar água na boca.

Coxa e Sobrecoxa de Frango na Cerveja

Ingredientes:

  • 5 coxas e sobrecoxas de frango
  • 1 pacotinho de creme de cebola
  • 1 lata de cerveja escura (350 ml)

Modo de Preparo:

  • Limpe as sobrecoxas de frango, tirando a pele e o excesso de gordura.
  • Coloque-as em uma vasilha e despeje o creme de cebola em pó (não é preciso dissolvê-lo).
  • Misture bem até que todos os pedaços estejam temperados.
  • Unte um pouco com margarina o recipiente que irá ao forno.
  • Coloque as sobrecoxas e derrame 1 lata de cerveja (não é preciso cobrir o frango) e tampe com papel alumínio.
  • Deixe cozinhar em fogo médio por volta de 1 hora e 30 minutos.
  • Depois deste tempo, retire o papel alumínio e um pouco da cerveja e deixe dourar por mais 1 hora.

 

Fonte da receita: Tudo Gostoso
Com informações de: AviSite, Canal Rural e Portal G1