Muito se sabe que a culinária brasileira é rica em salgadinhos. Uma afirmação ousada, mas quase certeira: somos campeões nos quesitos quitutes e tira gostos. Para todas as ocasiões e situações há sempre uma opção a sua espera – coxinha na hora pressa, bolinho de queijo na hora do bar, miniquibe nas festinhas de criança, pastel na hora do almoço…

A origem dessas receitas é muito antiga e, na maioria das vezes, rodeada de lendas e contos fabulosos. Na história de hoje, apresentamos uma das iguarias mais apreciadas por jovens e adultos: a famosa empadinha.

Como muitas das receitas acima mencionadas, a empadinha provém do além-mar – isto é – de Portugal. Outrora conhecida como “pastelão” (torta fechada), a massa com base e farinha de trigo e frango obteve sua fama dentre os seguidores da Igreja Católica nos dias de jejum de carne vermelha (como, por exemplo, nos quarenta dias que antecedem a Páscoa).

O pastelão caiu na boca do povo e o brasileiro, inventivo como é, preferiu dar um toque de praticidade à tortona: tornou-a menor, diminuta. A empanada, do latim panis (pão), virou empada que se tornou a querida empadinha.

Nesta história toda, a única que saiu perdendo foi a massa, cujo nome pode torcer o nariz de alguns leigos na cozinha. Diz-se que por conta da resistência dessa massa à putrefação e a consistência farelenta da mesma, a deliciosa base da empadinha ganhou o nome de “massa podre”.

E como tudo o que é bom pode melhorar, hoje lhes apresentamos uma versão da empadinha 2.0. É de dar água na boca!

Empadinha com massa de cerveja

Ingredientes:

Massa:

  • 1 lata de cerveja (pilsen)
  • 2 colheres de margarina
  • 500 gramas de gordura vegetal
  • 1 colher sopa rasa de sal
  • 1,2 kg de farinha de trigo
  • Gemas para pincelar

Recheio:

  • 2 peitos de frango, cozidos e desfiados
  • colorau, pimenta, sal e tempero verde a gosto
  • 1 cebola
  • 1 lata de milho
  • 2 colheres de farinha de trigo
  • Azeitonas a gosto (sem caroço)

Modo de Preparo:

Massa:

  • Pique a gordura vegetal e amasse com um garfo.
  • Acrescente a margarina e o sal, misture bem. Adicione a cerveja e a farinha durante a mistura, sem sovar a massa.
  • Deixe descansar na geladeira por uma hora.
  • Faça bolinhas, coloque nas forminhas e modele a massa com os dedos.
  • Recheie, tampe, pincele as gemas para a empada não grudar na forma e leve para assar por 35 a 40 minutos.

Recheio:

  • Refogue o alho e a cebola em óleo, coloque o colorau, frango, pimenta e sal, misturando-os bem. Adicione meio copo de água.
  • Adicione o milho, azeitonas e, quando ferver, coloque 2 colheres de farinha e mexa bem. O recheio deve ficar um pouco úmido.
  • Se quiser dar mais cremosidade ao recheio, adicione ½ copo de requeijão (opcional).

Fonte da receita: Culinária Receitas (contém adaptações)
Com informações de: Empada no Prato e Wikipédia