nhoque com molho de camarão cervejas especiais e premium

Quando se pensa em receitas com cerveja, a primeira coisa que se vem à mente são as com carne. No entanto, além de ser uma deliciosa bebida, ela serve como ingrediente para muitos outros tipos de alimentos.

Um exemplo é o nhoque com molho de camarão na cerveja, receita que é uma verdadeira explosão de texturas e sabores e pode ser o prato principal de um almoço em família, um jantar com a pessoa amada ou qualquer outra ocasião.

Abaixo, vamos ensinar o passo a passo de como preparar essa delícia e você ainda vai poder conferir dicas de harmonização. Continue com a gente!

Conhecendo o prato

Antes do preparo, que tal conhecer um pouco sobre o prato? Começando pelo nhoque, podemos dizer que ele é um verdadeiro case de sucesso. Uma comida de origem simples, aparentemente pouco sofisticada, que caiu no gosto de todos os homens e mulheres do Ocidente, de diversas classes sociais, fãs ou não da culinária italiana.

Embora não se tenha conhecimento de quando precisamente o nhoque surgiu, existem registros desse tipo de massa desde a Idade Média. Outrora chamado de “macarrão”, o termo que em italiano representa o plural da palavra “gnocco”, “ou pelotinha de farinha amassada” – segundo o sociólogo Gabriel Bolaffi em seu livro A Saga da Comida – passou a ser comumente usado na Itália, resignando esta mistura clássica de farinha e miolo de pão.

nhoque com molho de camarão conhecendo o prato
A receita de nhoque como conhecemos existe desde a Idade Média.

Tal hábito de utilizar o pão velho ralado ou moído na massa era uma maneira que a população italiana mais desfavorecida financeiramente tinha de aproveitar os restos dos alimentos, principalmente em tempos de crises e guerras. Mas nem por isso os mais ricos, que não economizavam na farinha nem mesmo em tempos mais sombrios, deixaram de aprovar essa deliciosa massinha caseira.

À sua base, que era composta de farinha de trigo até meados do século 16, passou-se a adicionar farinha de polenta com a chegada do milho na Europa, e também a batata, com a população deste tubérculo no continente por volta do mesmo período.

A tradição do nhoque

O costume de comer nhoque todo dia 29 também surgiu na Idade Média. De acordo com a lenda de São Pantaleão, o pobre santo andarilho pediu comida a uma família humilde que, oferecendo-lhe o que podia, dividiu a massa cozida em sete bolinhas por pessoa e as serviu ao bendito homem num pratinho. 

Ao despedir-se do santo, os donos da casa perceberam que debaixo dos pratos havia moedas de ouro.

Para você que está procurando uma fezinha, basta colocar uma moeda debaixo do prato antes de comer o seu nhoque no dia 29. Diz-se que a sorte estará ao seu lado durante os próximos 30 dias, até o dia 29 do mês seguinte.

Fato ou mito, nunca saberemos… mas é como dizem “basta crer para ver”, sem falar que a massa é uma delícia. ica aí a nossa sugestão para o fim do mês!

Nhoque com molho de camarão na cerveja

A mistura entre massas e frutos do mar é uma colaboração da Culinária Napolitana para o mundo. Banhada pelo Mediterrâneo, a região da Península Italiana se destaca pelo consumo de peixes, crustáceos e moluscos.

Entre os mais consumidos está o camarão, que, quando misturado a massas, dá origem a muitos pratos deliciosos e famosos na região. Contudo, muito embora o nhoque não seja tipicamente napolitano, não tardou para que houvesse essa fusão.

O toque especial é justamente a cerveja, que contribui aromatizando o molho, que por sua vez, envolve o camarão e a massa.

Que tal preparar na sua casa? Confira os ingredientes e o modo de preparo abaixo!

Ingredientes

Para o nhoque de semolina:

  • 1 ½ xícara de semolina (300g)
  • 1 litro de leite
  • 3 ovos
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal (100 g)
  • 3 colheres de sopa queijo parmesão (140 g)
  • 1 colher de café de sal
  • 12 colheres de sopa de queijo parmesão (40 g)
  • 1 colher de sopa de queijo parmesão para cada gnocchi (total de 200 g)
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal (100 g)

Para o camarão:

  • 1 kg de camarão médio rosa
  • 30 g de alho picado (um dente grande)
  • 15 g de pimenta vermelha (uma pimenta média)
  • 1 lata/long neck de cerveja tipo Lager
  • Sal a gosto
  • Azeite extra virgem

Modo de preparo

Começando pela massa: em uma panela, esquente o leite (sem deixar ferver) e junte a semolina. Mexa com batedor ou com colher de pau até engrossar, e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos.

Após esse tempo, retire do fogo e acrescente a manteiga, mexendo bem. Assim que der uma leve esfriada, junte o ovo e continue a mexer, por fim, acrescente o queijo parmesão. É essencial que a massa não esteja tão quente, ou o ovo pode cozinhar e não se misturar ao restante dos ingredientes.

Misture tudo e volte para o fogo e deixe cozinhar por mais 10 minutos, sempre mexendo para não queimar. Quando ela estiver bem cozida, homogênea e desgrudando do fundo da panela, desligue o fogo.

Despeje toda a mistura em uma travessa até que ela fique com uma altura de cerca de dois dedos (ou 3 centímetros), e deixe esfriar por alguns minutinhos. Em seguida, corte em círculos 5 centímetros com um aro ou copo de aperitivo.

Antes de servir, gratine os nhoques de semolina com queijo parmesão.

Acomode-os lado a lado em uma travessa untada, cubra com queijo parmesão ralado e leve ao forno pré-aquecido a 220 graus. Como a massa já é cozida, assim que o queijo estiver gratinado ela estará no ponto perfeito, por isso, fique de olho!

Modo de preparo do camarão

Enquanto os nhoques gratinam, tempere os camarões com uma pitada de sal e doure-os em uma frigideira com azeite. Durante esse processo, tome muito cuidado com o tempo, pois se o fruto do mar passar do ponto, ele fica borrachudo e sem sabor.

Quando estiverem quase dourados, junte o alho picado e a pimenta, que também deve estar bem fatiada. Assim que começar a mudar de cor, junte a cerveja e vá raspando o fundo da panela com uma espátula. Deixe a bebida reduzir e corrija o sal e os temperos à gosto.

Montagem e harmonização

Sirva os camarões com 3 rodelas do nhoque de semolina e uma salada de agrião, rúcula e tomate cereja, temperada com azeite, mostarda e sal.

Para harmonizar, prefira cervejas mais leves, com notas de ervas e frutas cítricas. As Pilsen ou Lager são ótimas opções; para sair do comum, a melhor escolha é uma boa Witbier, como o rótulo Black Princess Be.Witbier.

nhoque com molho de camarão black princess bewitbier
nhoque com molho de camarão black princess botaopng

Ficou com água na boca? Essa receita de nhoque com molho de camarão na cerveja certamente vai ficar deliciosa e impressionar a todos os seus amigos e familiares, basta seguir o passo a passo e degustar!


Se você gostou dessa receita e quer receber novas dicas sobre cerveja e gastronomia, preencha o formulário abaixo e assine nossa newsletter!