Há alguns anos, ninguém imaginaria que seria possível produzir as próprias cervejas em casa por hobbie. Felizmente, hoje essa já é uma realidade, e vem crescendo todos os dias o número de homebrewers – ou seja, pessoas que fazem a bebida de maneira amadora.

Mas afinal, como fazer cerveja em casa? Antes de colocar a mão na massa, é preciso conhecer os principais processos de produção, os equipamentos utilizados e os ingredientes que servem como matéria-prima.

É isso que você vai entender neste post! Leia até o fim e descubra dicas do que é preciso para se tornar um produtor de cerveja na sua própria casa!

Conhecendo os ingredientes da cerveja

Segundo a tradição, a cerveja é formada por quatro ingredientes: lúpulo, malte, água e leveduras — embora algumas vezes possa levar outros elementos na receita. Cada um tem sua própria função, e as variações, quantidades e técnicas utilizadas é que vão definir as diferenças nos sabores, aromas e características finais da bebida.

Lúpulo

O primeiro ingrediente da lista é o lúpulo, uma planta trepadeira cujas flores são utilizadas na produção da cerveja. A primeira função dela é auxiliar na conservação da bebida, já que possui antioxidantes poderosos e capazes de prolongar sua vida útil.

Porém, sua principal responsabilidade diz respeito aos sabores e aromas. O lúpulo é responsável por proporcionar o sabor amargo da cerveja, além de notas florais, cítricas ou picantes, de acordo com a variedade.

Malte

A palavra “malte” é usada para se referir a cereais que passam por um processo de malteação – ou seja, um tipo de germinação controlada que estimula a produção de açúcar. Os tipos mais utilizados em cervejas são cevada, centeio e trigo.

como fazer cerveja em casa malte
Malte e lúpulo são dois dos ingredientes mais importantes para a cerveja

Os açúcares são usados como alimento para as leveduras durante o processo de fermentação. Além disso, os maltes também interferem nos sabores, aromas e na coloração da cerveja, e essas características podem variar conforme a torrefação do grão.

Água

Cerca de 95% da cerveja é água. Esse ingrediente é que vai ser saborizado e proporcionar as condições para todos os processos químicos, físicos e biológicos que ocorrem durante a produção. Ela deve ser limpa, inodora e incolor para não influenciar no resultado final.

Leveduras

Trata-se de um tipo de fungo responsável pelo processo de fermentação. A partir dos açúcares do malte, as leveduras produzem álcool e gás carbônico e, de acordo com a temperatura e a técnicas em que o processo é realizado, ele pode tornar as características do lúpulo mais ou menos acentuadas.

Outros ingredientes

Em alguns estilos, também é possível acrescentar frutas, ervas e especiarias para a saborização. Para isso, é necessário entender melhor como cada ingrediente funciona e o momento ideal para utilizá-los durante a produção.

Equipamentos para fazer cerveja

Além dos ingredientes, não há como fazer cerveja em casa sem os equipamentos certos. Atualmente, é possível utilizar itens comuns e caseiros para esse processo, lembrando que o espaço e a capacidade de cada item será determinante para o volume final da produção.

como fazer cerveja em casa equipamentos para fazer cerveja
Para começar sua produção caseira, não é necessário um equipamento muito robusto, mas sim itens básicos.

Abaixo, fizemos um checklist de itens básicos para uma produção média de 20 litros: 

  • 2 fogareiros de alta pressão
  • 3 panelas de 32 litros
  • conexões para as panelas
  • termômetro
  • balança
  • moedor
  • serpentina de cobre
  • escumadeira
  • mangueiras
  • geladeira

Esses itens podem ser vendidos juntos, como um kit, ou separadamente. Com o passar do tempo, você pode incrementar sua produção com novas ferramentas para aumentar a precisão e a qualidade.

Dicas para começar a produzir cerveja

Por fim, separamos algumas dicas para você começar a fazer suas primeiras cervejas. São tópicos que vão influenciar diretamente na qualidade do seu produto, portanto, preste atenção a eles antes de iniciar a produção.

Estude bem os métodos de preparo

Com todos os itens em mãos, comece a estudar os processos para produzir sua cerveja. É importante se atentar a detalhes como a temperatura do mosto, o tempo de cada etapa e o momento de acrescentar cada ingrediente, pois eles serão determinantes para o produto final, e até para que a sua receita funcione. 

É possível encontrar diversos vídeos no YouTube, bem como cursos completos pela internet e livros com receitas de diferentes tipos de cerveja. Assista, faça anotações, esclareça suas dúvidas e, enfim, coloque a mão na massa!

Comece com as cervejas tipo Ale

As cervejas de alta fermentação, também conhecidas como Ale, costumam ter um modo de preparo simplificado que as de baixa fermentação, as Lager. Por isso, uma ótima dica é começar por elas.

As cervejas Pale Ale, por exemplo, podem ser feitas com ingredientes tradicionais e acessíveis, o mosto é mais fácil de se preparar e não é necessário esperar tanto tempo para que elas fiquem prontas.

Faça testes com poucos litros

No início, você não terá muita experiência e estará mais sujeito a erros. Isso não é um problema, pois é com essas pequenas falhas que você deverá aprimorar sua técnica, mas é por esse motivo que você também não deve se apressar.

Ao fazer receitas de grandes volumes de cerveja, o menor detalhe pode fazer com que você perca uma remessa inteira, além de todos os ingredientes, tempo e dinheiro que você investiu. Por isso, comece com litragens menores. Aos poucos, vá ajustando as falhas e aumentando a produção.

Escolha bons ingredientes

Mesmo que você seja iniciante na arte de como fazer cerveja em casa, precisa de matérias-primas de qualidade. Caso contrário, o sabor dos seus primeiros produtos pode não ser tão agradável e você ficará se perguntando onde foi que errou – e a resposta está justamente na escolha dos elementos que compõem sua bebida.

Um ingrediente muito importante é o lúpulo, que é determinante para os sabores e aromas da cerveja. No momento da escolha, confira para quais estilos de cerveja aquele item é recomendado, e quais nuances ele deve proporcionar ao resultado final.

Aliado a isso, também é importante utilizar água mineral de qualidade, para equilibrar o pH da bebida, maltes de primeira e com uma boa tosta, além de leveduras adequadas ao tipo de cerveja que você está produzindo. 

No Bom de Beer, você encontra lúpulos excelentes para preparar sua cerveja. Todas as opções são produzidas no Brasil, ou seja, você estará utilizando ingredientes nacionais e trazendo suas características para a sua produção. 

Clique no banner abaixo e confira nossas opções!